“Raiva”: Vigilante mata cachorro com 12 tiros e caso gera polêmica em Mossoró

“Raiva”: Vigilante mata cachorro com 12 tiros e caso gera polêmica em Mossoró

O vigilante José Wallysson Silva Negreiros, 31 anos, num acesso de raiva matou um cachorro bulldog com 12 tiros, no loteamento Nova Mossoró, em Mossoró/RN. As informações são do portal TCM Notícias.

O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (16), na rua Bentley. O vigilante foi preso em flagrante por maus-tratos a animais, morte e porte ilegal de arma de fogo, sendo encaminhado para a Cadeia Pública de Mossoró.

Segundo o delegado Valtair Camilo, da delegacia de plantão, depois que os bombeiros imobilizaram o cachorro o vigilante entrou em casa pegou a arma e efetuou os disparos no animal. “O animal já não oferecia risco para as pessoas, mesmo assim o flagranteado descarregou a arma de fogo no animal. Ele foi detido e responderá pelos crimes”, conta.

Os moradores relataram que o bulldog estava solto na rua e começou a brigar com outro cachorro de raça menor. A mulher do vigilante que estava grávida não sabia o que estava acontecendo abriu o portão e os cachorros entraram na casa dela. Os vizinhos tentaram ajudar e prenderam os dois cachorros dentro da casa, em quartos separados e chamaram os bombeiros.

A lei que protege os animais prevê pena de 2 a 5 anos de prisão, por maus-tratos aos animais. No caso da morte de cão ou gato a pena aumenta.




Leia também:

Terra Brasil Notícias