Preço mundial do petróleo atinge maior valor em dois meses: US$ 117

Preço mundial do petróleo atinge maior valor em dois meses: US$ 117

Nesta quinta-feira (26), o preço do petróleo bruto Brent subiu para o valor mais alto desde o final de março, sinalizando mais gastos para os consumidores.  O Brent, que é referência mundial, saltou 2,8%, para US$ 117,25 o barril nas negociações recentes.

Em um dia, o Brent chegou a ser negociado por US$ 117,39 por barril, a maior alta desde 28 de março.

Os investidores estão assistindo com nervosismo as autoridades europeias tentarem chegar a um acordo sobre a eliminação gradual da utilização do petróleo russo, um passo que prejudicaria ainda mais os fluxos de energia.

“Os preços do petróleo continuam subindo e é difícil ver uma pausa nesta tendência se um embargo de petróleo for implementado”, disse Matt Smith, analista-chefe de petróleo para as Américas da empresa de dados e análise Kpler.

O valor do combustível permanece significativamente abaixo do pico recente de março, durante o primeiro choque após a Rússia invadir a Ucrânia.

O Brent atingiu US$ 139,13 por barril no início daquele mês, enquanto o petróleo dos EUA chegou a US$ 130,50 por barril.

“Temos uma marcha ordenada mais alta, em vez de algum aumento de preço induzido pelo pânico”, avaliou Smith.

Os preços de outros combustíveis também estão em níveis recordes, embora tenham começado a se estabilizar. A média nacional dos EUA para a gasolina comum subiu nesta quinta-feira (26) para um valor inédito de US$ 4,60 o galão, segundo a AAA.

Isso é 30% mais caro do que no dia anterior à invasão da Ucrânia pela Rússia.




Leia também:

Terra Brasil Notícias