Lascou-se: Globo é condenada a pagar R$ 10 mil a acusado de invadir celular de Moro

Lascou-se: Globo é condenada a pagar R$ 10 mil a acusado de invadir celular de Moro

Rede Globo terá que pagar R$ 10 mil de indenização após afirmar que Danilo Cristiano Marques já tinha condenação por roubo em 2019

 Rede Globo deverá pagar uma indenização no valor de R$ 10 mil por danos morais a um dos suspeitos de hackear o celular do ex-ministro e juiz Sergio Moro, segundo informações do UOL. O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou a rede de televisão após o G1 noticiar a prisão de Danilo Cristiano Marques, em julho de 2019, e afirmar de maneira equivocada que o rapaz já possuía uma condenação por roubo.

Danilo foi preso em 23 de julho de 2019 durante a Operação Spoofing da Polícia Federal, que investigava a invasão de dados de autoridades, como o presidente Jair Bolsonaro e o ex-ministro Moro.

Ainda segundo o portal, na Justiça, a defesa de Danilo afirmou que ele não tinha pendências judiciais, criminais e legais e pediu uma indenização no valor de R$ 200 mil. A Rede Globo se defendeu afirmando que as informações apresentadas na matéria tinham vindo de autoridades da Polícia Federal envolvidas no caso.

O Tribunal de Justiça de São Paulo não aceitou a argumentação e a condenou a pagar indenização. A desembargadora Gil Cimino afirmou que a “reportagem reproduziu uma informação falsa sem realizar qualquer tipo de checagem”.




Leia também:

Terra Brasil Notícias