FAB expulsa sargento preso com 37 kg de cocaína em voo

FAB expulsa sargento preso com 37 kg de cocaína em voo

A Fora Aérea Brasileira (FAB) decidiu, nesta quinta-feira (12), expulsar da corporação o sargento Manoel da Silva Rodrigues por tráfico internacional de drogas.

Rodrigues foi detido, em 2019, no aeroporto de Sevilha, na Espanha, com 37 quilos de drogas, estando preso no país europeu desde então. Ele utilizava um avião da Força Aérea e estava em missão oficial.

O militar fazia parte da comitiva de 21 militares que acompanhava a viagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Tóquio, no Japão, onde participaria da reunião do G-20.

A FAB afirmou, em nota, que atua para “coibir irregularidades e repudia condutas que não representam os valores, a dedicação e o trabalho do efetivo em prol do cumprimento de sua missão Institucional”.

No dia 15 de fevereiro de 2022, a Justiça Militar da União já o havia condenado à pena de 14 anos e seis meses de prisão.

Ele também recebeu sentença na Espanha de 6 anos e 1 dia de prisão, além de multa de 2 milhões de euros. Rodrigues está cumprindo a pena em Sevilha.




Leia também:

Terra Brasil Notícias