Extra TBN: MP acata Ação Popular de Sonaira Fernandes pela suspensão de pagamento de Daniela Mercury pelo show de 1° de maio

Extra TBN: MP acata Ação Popular de Sonaira Fernandes pela suspensão de pagamento de Daniela Mercury pelo show de 1° de maio

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) se manifestou hoje pela suspensão imediata do pagamento de contratações de artistas que participaram do evento de 1° de Maio na Praça Charles Miller, centro de SP. 

O MP-SP acatou a Ação Popular da vereadora SonairaFernandes (Republicanos-SP) pela suspensão das contratações dos artistas pela Prefeitura de São Paulo em um evento financiado com o dinheiro do povo e que serviu para interesses partidários e eleitorais. 

“Nós trouxemos ao MP indícios claros de que o evento acabou se revelando um showmício lulista. A cantora Daniela Mercury nos ajudou muito. No evento Daniela levantou uma bandeira com a foto de Lula e, com base nestes registros, provamos que o evento violou os princípios constitucionais que regem a administração pública”, disse Sonaira. 

Houve uma violação de finalidade, pois ficou claro a contratação levada a efeito dissimula um showmício, o qual é vedado como modalidade de propaganda eleitoral. Ou seja, houve um desvio de finalidade em tais contratos pela Prefeitura Municipal de São Paulo, que deveriam ter finalidade cultural.

“Com base nisso também estamos avaliando outras ações jurídicas contra a gestão Ricardo Nunes, em especial a Secretaria Municipal de Cultura, que agiu de forma absolutamente imoral nas contratações.  Nada ficará impune”, promete Sonaira Fernandes.  




Leia também:

Terra Brasil Notícias