Daniel Silveira afirma durante manifestação sobre uso de tornozeleira: “Hoje é que eu não uso mesmo. Eu fui indultado”

Daniel Silveira afirma durante manifestação sobre uso de tornozeleira: “Hoje é que eu não uso mesmo. Eu fui indultado”

O deputado federal Daniel Silveira afirmou neste domingo (22) durante uma manifestação pró-governo que retirou a tornozeleira eletrônica depois de ser indultado pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo o parlamentar, o Judiciário não tem mais o que fazer contra ele.

“Eu nem poderia usar naquela época. Hoje é que eu não uso mesmo. Eu fui indultado pela graça. Quando o Judiciário tem o perdão presidencial, é meramente declaratório o reconhecimento. O Judiciário não faz mais nada, só declara a extinção”, afirmou antes de subir num carro de som em ato no Aterro do Flamengo.

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, já estabeleceu três multas a Silveira, todas por não uso de tornozeleira eletrônica, medida cautelar determinada pelo ministro do STF.

Na semana passada, Moraes determinou o bloqueio de todos os bens – móveis e imóveis – que estejam em nome do deputado bolsonarista para o pagamento das multas impostas ao parlamentar pelo Supremo.

Até então, Moraes havia solicitado apenas o bloqueio das contas do parlamentar. Ao todo, o ministro conseguiu reter R$ 122 mil de Silveira até o momento.

Créditos: O Antagonista.




Leia também:

Terra Brasil Notícias