Cabo Daciolo, que é evangélico, desiste de candidatura ao Senado para apoiar umbandista

Cabo Daciolo, que é evangélico, desiste de candidatura ao Senado para apoiar umbandista

Após a declaração de que também iria concorrer por uma vaga ao Senado pelo PDT na próximas eleições, disputando com o babalaô Ivanir dos Santos, Cabo Daciolo postou um vídeo ontem, em suas redes sociais, onde declarou ter ido para o PDT por uma indicação divina, e não por motivos políticos ou de candidatura.

Daciolo também afirmou acreditar no plano de desenvolvimento nacional de Ciro Gomes, pré-candidato à presidência pelo partido. O pastor rechaçou qualquer disputa pela vaga de pré-candidato ao Senado no partido de Brizola, e encerrou com mais declarações de apoio a Ciro e a Ivanir.

O político se encontrou com o sacerdote e deixou no passado a disputa eleitoral pela vaga, provocando reação imediata de políticos e militantes que celebraram o apoio do cabo eleitoral evangélico.

Não é de hoje que o Babalawô, Dr. Prof. do Programa de pós-graduação em História Comparada da UFRJ, interlocutor da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) conta com a simpatia dos membros da executiva nacional do PDT. Ivanir possui histórico de militância por respeito às religiões de matriz africana e igualdade étnica.




Leia também:

Terra Brasil Notícias