Twitter proíbe conteúdos que neguem o aquecimento global

Twitter proíbe conteúdos que neguem o aquecimento global

Rede social afirma que o negacionismo climático não deve ser monetizado.

O Twitter anunciou na sexta-feira (22) que não aceitará anúncios que neguem as mudanças climáticas do planeta. A mudança diz respeito a publicações patrocinadas, e a plataforma ainda não revelou se, no futuro, a proibição será estendida às publicações normais.

“Acreditamos que o negacionismo climático não deve ser monetizado, e que anúncios deturpados não devem prejudicar conversas importantes sobre a crise climática”, afirmou a Big Tech em um post.

Para justificar a medida, a rede social citou o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), apoiado pela Organização das Nações Unidas (ONU), cujo relatório divulgado recentemente pediu “reduções imediatas e profundas das emissões” de gases para combater o chamado aquecimento global.

O anúncio da companhia coincidiu com o Dia da Terra e foi divulgado horas antes de a União Europeia (UE) confirmar um acordo exigindo que as grandes empresas de tecnologia vasculhem seus sites em busca de ‘discurso de ódio’ e ‘desinformação’.




Leia também:

Terra Brasil Notícias