Jovem presa com cocaína na Tailândia envia carta à família

Jovem presa com cocaína na Tailândia envia carta à família

A mineira Mary Hellen, 21 anos, foi detida no país asiático em fevereiro

Após mais de um mês e meio sem conseguir se comunicar com a menina, a família de Mary Hellen ficou aliviada de finalmente receber uma carta. Eles estavam em contato com o Itamaraty, mas não tinham informações detalhadas sobre a situação da estudante.

A jovem foi apreendida em 14 de fevereiro na Tailândia com 15,5kg de cocaína, podendo ser ser condenada à prisão perpétua ou à pena de morte. Ela trabalhava em uma churrascaria de sua cidade, Pouso Alegre, e pediu demissão dias antes de fazer a viagem sem avisar a ninguém.

Na mensagem de uma página, Mary diz que espera voltar ao Brasil e rever os parentes o mais rápido possível. Ela ainda revela que passa noites em claro pensando em seu caso.

“Um grande obrigado a todos do Brasil por me ajudarem”, escreve. “Tenho saudade da comida brasileira”.

No fim da carta, a mineira diz que está com dois amigos que a ajudam. “Me sinto muito melhor agora”, diz.

Veja




Leia também:

Terra Brasil Notícias