Irmãos que ficaram 27 dias perdidos em floresta do AM são homenageados pelo Exército Brasileiro

Irmãos que ficaram 27 dias perdidos em floresta do AM são homenageados pelo Exército Brasileiro

As crianças receberam alta médica na quarta-feira (4), após 21 dias de hospitalização.

Homenagem ocorreu no CIGS. — Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica.
Homenagem ocorreu no CIGS. — Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica.

Os irmãos Glaucon Carvalho Ferreira, de 7 anos, e Glaiçon Carvalho Ferreira, de 7 anos, que passaram 27 dias perdidos em uma área de floresta no município de Manicoré(AM), foram homenageados pelo Comando Militar da Amazônia (CMA) do Exército Brasileiro (EB), nesta segunda-feira (11).

A solenidade foi realizada no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), Zona Oeste de Manaus. As crianças receberam alta médica na quarta-feira (4), após 21 dias de hospitalização. 

Durante a cerimônia, os garotos receberam o o distintivo do Estágio de Adaptação à Selva, uma faixa semicircular com as inscrições “SELVA”.

Glaucon, de 7 anos.  — Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica.
Glaucon, de 7 anos. — Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica. 

Segundo os militares, a “manicaca”, como é militarmente conhecido o distintivo, foi concedido aos meninos, em reconhecimento do EB às adversidades que os irmãos superaram e venceram de forma destemida.

Ainda durante a homenagem, os meninos receberam também o chapéu bandeirante com o distintivo do CIGS. Logo após a cerimônia, os irmãos e familiares foram convidados a realizar um passeio no Zoológico do CIGS.

Gleiçon, de 9 anos.  — Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica.
Gleiçon, de 9 anos. — Foto: Carolina Diniz/Rede Amazônica.



Leia também:

Terra Brasil Notícias