Governo Bolsonaro vai lançar programa de crédito de R$ 100 bilhões para pequenas e médias empresas

Governo Bolsonaro vai lançar programa de crédito de R$ 100 bilhões para pequenas e médias empresas

O governo Bolsonaro deve lançar um novo programa de crédito voltado a pequenas e médias empresas no país, com potencial de liberação de até R$ 100 bilhões. A informação é do presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci, que esteve reunido com o ministro da Economia, Paulo Guedes, informa a agência Reuters.

Na quarta-feira 16, o assunto foi discutido durante um almoço organizado pela União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços que contou com a presença do chefe da equipe econômica.

O ministro Paulo Guedes disse que, na semana que vem, será lançado um grande programa de crédito, da ordem de R$ 100 bilhões, para empresas que vão de MEI (Microempreendedor Individual) a empresas de médio porte, com faturamento de até R$ 300 milhões por ano”, afirmou Solmucci.

Embora o Ministério da Economia não tenha divulgado maiores informações oficialmente, o lançamento do programa deve ocorrer em março. A pasta ainda busca aval da Casa Civil, além de apoio de parlamentares no Congresso Nacional. O projeto deve ser criado a partir de uma Medida Provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.

A ideia do governo é ampliar a disponibilidade de fundos garantidores de crédito, nos moldes do Fundo de Garantia de Operações (FGO) e do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI). O programa reuniria ainda outros fundos que serviriam de garantia para as operações.

Segundo os empresários, a obtenção de garantia para liberação de empréstimo e redução de custos é um dos maiores problemas enfrentados pelas pequenas e médias empresas.

O custo orçamentário do projeto ainda não está definido. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) seria responsável por administrar os fundos, como acontece atualmente com o FGI. A Caixa Econômica Federal, por sua vez, deve ficar com a operação da parte do programa voltada aos microempresários.




Leia também:

Terra Brasil Notícias