Petição contra Alckmin como vice fala em “zelar pela vida do companheiro Lula”, LEIA ÍNTEGRA

Petição contra Alckmin como vice fala em “zelar pela vida do companheiro Lula”, LEIA ÍNTEGRA

Filiados do PT lançaram uma petição contra a possibilidade de Geraldo Alckmin virar vice na chapa de Lula. Organizado por Daniel Kenzo, que comanda o diretório petista no Butantã, zona oeste de São Paulo, o texto fala da necessidade de “zelar pela vida do companheiro Lula”.

“Absolutamente nada indica que entregar a vice a um golpista neoliberal seja necessário para ganhar as eleições”, diz o abaixo-assinado, comparando o ex-tucano com Michel Temer e pedindo que o (a) vice do ex-presidiário seja alguém “comprometido com o programa” do partido.

O companheiro Alckmin precisa se convencer de que ele tem de ser contra a reforma trabalhista, contra a reforma da Previdência e contra tudo o que ferir os interesses da tigrada. Vai encarar, companheiro Alckmin?

Leia a petição:

“Considerando a necessidade de eleger Lula.

Considerando a necessidade do governo Lula dar início a transformações profundas no Brasil.

Considerando que estas transformações vão enfrentar a oposição do bolsonarismo, do lavajatismo e do neoliberalismo.

Considerando que estas três forças reacionárias deram um golpe em 2016.

Considerando que estas três forças reacionárias participaram e aplaudiram e se beneficiaram da condenação, da prisão e da interdição de Lula em 2018.

Considerando que estas três forças reacionárias se aliaram para eleger Bolsonaro e apoiam o núcleo de seu programa de governo.

Considerando o papel estratégico do então vice-presidente Michel Temer em toda esta operação.

Considerando que Geraldo Alckmin participou e apoiou publicamente toda esta operação golpista e neoliberal.

Considerando que Geraldo Alckmin tem uma longa trajetória de combate às posições nacionais, democráticas, populares e desenvolvimentistas.

Considerando os atos cometidos nos governos de Alckmin contra os trabalhadores em geral, contra os servidores públicos, contra a saúde e a educação, contra a segurança pública, contra negros e negras, contra jovens e estudantes, contra os moradores da periferia, contra o meio ambiente.

Considerando que devemos zelar pela vida do companheiro Lula.

Considerando, finalmente, que absolutamente nada indica que entregar a vice a um golpista neoliberal seja necessário para ganhar as eleições.

Considerando tudo isto, nós abaixo assinados, filiados e simpatizantes do PT, cidadãos e cidadãs que vamos eleger Lula em 2022, demandamos ao Diretório Nacional do PT que:

1) Informe ao país que a decisão sobre a vice será tomada pelo Partido, em encontro nacional, nos prazos previstos em lei e seguindo as determinações do estatuto do PT;

2) Informe ao país que a vice de Lula será uma mulher ou um homem comprometido com o programa de reconstrução e transformação, pessoa de total confiança política e sem nenhum vínculo com o golpismo e o neoliberalismo, sob qualquer de suas formas.”

Créditos: O Antagonista.




Leia também:

Terra Brasil Notícias