Pelo menos treze capitais e Distrito Federal não terão Carnaval de rua neste ano

Pelo menos treze capitais e Distrito Federal não terão Carnaval de rua neste ano

Diante do avanço nos casos de contaminação pela variante Ômicron do coronavírus e pela influenza A H3N2, pelo menos treze capitais brasileiras e o Distrito Federal anunciaram que não terão Carnaval de rua neste ano.

Entre as cidades que não terão blocos nas ruas estão: São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande, Cuiabá, Teresina, Belém, Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Curitiba (será on-line), São Luís, Recife e Maceió.

No Rio, o anúncio foi feito no início da noite desta terça-feira (4) pelo prefeito Eduardo Paes (PSD). A cidade, porém, ainda avalia a possibilidade de os desfiles ocorrerem em locais fechados.

Em São Paulo, a prefeitura anunciou na manhã de quinta-feira (6) o cancelamento do Carnaval de rua, após um aumento dos casos e atendimentos hospitalares da Covid-19 e da Influenza na maior capital do país. Uma ideia considerada anteriormente sobre realizar o evento em um local específico, como o Autódramo de Interlagos, também foi descartada.

O desfile das escolas de samba paulistas estão mantidos, mas os protocolos sanitários ainda não foram especificados. Bailes de Carnaval privados deverão exigir comprovante da vacinação contra o coronavírus.

Também na quinta-feira, o governo do Distrito Federal cancelou os eventos do Carnaval, incluindo “desfiles, bailes e todo tipo de manifestação que provoque aglomeração”, afirmou em nota.

Em Belo Horizonte (MG), a prefeitura anunciou que não cancelou oficialmente a festa, mas suspendeu patrocínios e investimentos em infraestrutura para a realização dos desfiles dos blocos carnavalescos.




Leia também:

Terra Brasil Notícias