Alexandre de Moraes manda PF ouvir 14 pessoas que tiveram contato com Roberto Jefferson

Alexandre de Moraes manda PF ouvir 14 pessoas que tiveram contato com Roberto Jefferson

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou que a Polícia Federal (PF) tome os depoimentos de 14 pessoas que estiveram com o ex-deputado federal Roberto Jefferson durante a internação dele em um hospital do Rio de Janeiro entre 13 e 14 de outubro.

Nesses dias, o presidente afastado do PTB gravou um vídeo criticando o ministro do STF.

Na gravação, o ex-mensaleiro disse que “ora” “em desfavor do Xandão”, termo usado por Jefferson para se referir ao ministro do STF. 

De acordo com o próprio ex-deputado, o vídeo foi produzido dentro das dependências do hospital.

Ao responder a um pedido de explicações de Moraes, Jefferson fez uma provocação ao magistrado ao dizer que produziu o material para tratar da “maldição sobre os ímpios e perversos”.

Além de estar preso, Jefferson já foi denunciado pela PGR por suas críticas às instituições. A defesa havia apontado a existência de problemas de saúde para pedir sua transferência para a prisão domiciliar. 




Leia também:

Terra Brasil Notícias