Alemanha ameaça acabar com o Telegram no país

Alemanha ameaça acabar com o Telegram no país

Em entrevista ao jornal Die Zeit, a ministra do Interior da Alemanha, Nancy Faeser, disse que a nação não descarta bloquear o aplicativo de mensagens Telegram no país. A declaração foi feita nesta quarta-feira (12).

Segundo ela, o bloqueio seria o último recurso, mas que o país está preparado para usá-lo. Na entrevista, ela alegou as várias tentativas frustradas de comunicação com a diretoria do aplicativo de mensagens instantâneas Telegram.

Faeser comentou durante a entrevista que “extremistas” estavam espalhando “ódio” e planejando “ataques” com a ajuda do aplicativo, enquanto o Telegram continua adotando postura de “laissez-faire”, uma política de não-intervenção.

“[O bloqueio do Telegram] seria gravíssimo e claramente nosso último recurso”, disse a ministra, garantindo que a Alemanha vai continuar os diálogos com a empresa.

O governo alemão também espera que outros países europeus se envolvam nesse tipo de situação pois, segundo a ministra, “é necessário ter força para aplicar a lei e a Alemanha sozinha não será capaz”.

Em dezembro do ano passado, a polícia alemã prendeu um grupo de criminosos que estava supostamente planejando o assassinato do ministro-presidente do estado alemão da Saxônia. Os suspeitos tinham como o principal meio de comunicação o aplicativo de mensagens Telegram.




Leia também:

Terra Brasil Notícias