Traíragem em dose dupla

Traíragem em dose dupla

Sérgio Moro ficou conhecido no Brasil como traidor e aproveitador, primeiro se catapultou nacionalmente com a operação lava-jato, conseguiu uma vaga de Ministro no governo Bolsonaro, nas reuniões não falava, não atendia a pedidos do presidente e sabotava o governo, durante a pandemia não combateu os abusos de governadores e prefeitos e saiu do governo da pior forma possível, além disso, desvirtuou uma conversa com a então sua amiga, Carla Zambelli, essa pecha vai ser difícil de apagar.

Para acabar de completar, se uniu a outro “traíra”, alguns chamam ele de general Comunista, General Santos Cruz hoje é mal visto pelo Brasil e pela tropa a qual serviu, foi ministro de Bolsonaro mas nunca deixou sua proximidade com a esquerda. Moto se reuniu há pouco com o ex-ministro da Secretaria de Governo Santos Cruz no Rio de Janeiro. No Twitter, o ex-juiz publicou um vídeo gravado após o encontro, que também contou com a participação da juíza Denise Frossard.

Junior Melo (advogado e jornalista)




Leia também:

Terra Brasil Notícias