Passageira contaminada com Covid fica 5 horas em banheiro de avião

Passageira contaminada com Covid fica 5 horas em banheiro de avião

Uma professora americana diz que passou cinco horas em auto-isolamento voluntário no banheiro de um avião depois de testar positivo para Covid-19 no meio do vôo.

Marisa Fotieo conta que sentiu uma dor de garganta durante a viagem de Chicago a Reykjavik, na Islândia, no dia 20 de dezembro.

A passageira diz que fez um teste rápido com um kit que trouxera e confirmou a infecção.

A professora permaneceu no banheiro pelo resto da viagem, e uma comissária de bordo providenciou comida e bebida para ela.

Não ficou claro se ela teve que apresentar um teste Covid-19 antes de embarcar no voo.

“Foi uma experiência maluca”, disse Fotieo, que é de Michigan, à NBC News. “[Havia] 150 pessoas no vôo, e meu maior medo era contaminá-las”.

Um vídeo que ela postou numa rede social de dentro do banheiro do jato da Icelandair foi visto mais de quatro milhões de vezes. Ela elogiou um comissário de bordo por ajudá-la durante a provação.

“Ela se certificou de que eu tinha tudo de que precisava nas cinco horas seguintes, desde comida até bebidas, e me verificava constantemente, garantindo que eu ficaria bem”, disse à NBC.

A passageira disse que teve que se isolar em um hotel da Cruz Vermelha ao chegar à Islândia, de acordo com a BBC News.

Sua provação ocorreu em meio à disseminação da variante Omicron do Covid-19, que causou um aumento de contaminações nos Estados Unidos. Estudos sugerem que essa variante do vírus é mais branda do que outras, mas mais transmissível.

Créditos: R7.




Leia também:

Terra Brasil Notícias