Manobra de Randolfe Rodrigues para que Alexandre de Moraes conduza extradição de Allan dos Santos no Ministério da Justiça

Manobra de Randolfe Rodrigues para que Alexandre de Moraes conduza extradição de Allan dos Santos no Ministério da Justiça

A esquerda acostumou-se a ter tudo através de ações junto ao STF, só que o STF pode muito dentro do território nacional, além fronteiras quem manda é o executivo, dessa forma o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu ao STF nesta 4ª feira (8.dez.2021) que afaste do cargo o secretário nacional de Justiça, Vicente Santini, em razão das suspeitas de interferências no processo de extradição do jornalista bolsonarista Allan dos Santos, ou seja, o senador quer mandar no órgão do executivo que tem a voz internacional.

O pedido foi apresentado depois de a delegada Denisse Ribeiro, responsável pelo inquérito da PF (Polícia Federal) que apura supostas milícias digitais, informar ao STF (Supremo Tribunal Federal) que ainda há risco de novas interferências no processo de Allan dos Santos.

Segundo a delegada, a PF apura suposta tentativa de Vicente Santini, em retardar a extradição ao solicitar acesso aos documentos do caso e pedir para ser incluído como uma “instância de decisão”.

A agonia para que se cumpra a extradição de Allan dos Santos deixa os opositores de Bolsonaro com náuseas, eles querem que o governo brasileiro intervenha para apressar o processo. O desgaste na suprema corte aumenta a cada, se o governo americano negar a extradição ou conceder asilo político ao jornalista, a narrativa de crimes comuns vão por água abaixo e um escândalo mundial pode transformar esse episódio em uma vitória para a defesa bolsonarista no contexto mundial.




Leia também:

Terra Brasil Notícias