Lascou: Lula cobra R$ 815 mil de reembolso da OAS por parcelas do triplex

Lascou: Lula cobra R$ 815 mil de reembolso da OAS por parcelas do triplex

A defesa do espólio de Marisa Letícia recorreu novamente ao TJ-SP para cobrar R$ 815 mil da empreiteira OAS. A quantia é referente à restituição de parcelas pagas pela ex-primeira-dama na compra do triplex no Guarujá.

Marisa faleceu em 2017. Lula é seu inventariante. Segundo a defesa, ela adquiriu cotas do edifício Solaris quando ainda estava sendo construído pela Bancoop, mas desistiu da compra.

O advogado Cristiano Zanin argumentou que a OAS é uma das maiores construtoras do país e já concluiu seu processo de recuperação judicial. A defesa cita que o último balanço publicado pela empreiteira é de 2018, o que prova “seu intuito de ocultar patrimônio”, e que, na ocasião, declarou receitas de mais de R$ 28 milhões.

“Não é factível que uma empresa deste porte, que permanece em plena atividade, com diversos empreendimentos em andamento, não tenha um real em suas contas. A ausência de recursos é prova clara de abuso da personalidade jurídica.”

Nesta terça-feira (7), o MPF pediu o arquivamento do processo do triplex de Lula, alegando que o caso prescreveu. O pedido é decorrente da decisão do STF que anulou as condenações do petista na Lava Jato e transferiu os processos para a Justiça Federal de Brasil.

Créditos: O Antagonista.




Leia também:

Terra Brasil Notícias