Farmacêutica: Medicamento é eficaz contra mutações da Ômicron

Farmacêutica: Medicamento é eficaz contra mutações da Ômicron

A farmacêutica britânica GSK divulgou, nesta terça-feira (7), que seu medicamentos contra a Covid-19 baseado em anticorpos é eficaz contra todas as mutações da nova variante do coronavírus, aÔmicron.

Foram citados novos dados dos estudos em estágio inicial do remédio, desenvolvido com a parceira americana Vir Biotechnology.

Os dados, ainda a serem publicados em um jornal médico revisado por pares, mostram que o tratamento das empresas, o sotrovimabe, é eficaz contra todas as 37 mutações identificadas até o momento na proteína spike, disse a GSK em um comunicado.

Na semana passada, mais dados pré-clínicos mostraram que a droga havia sido eficaz contra mutações chave da variante Ômicron. O sotrovimabe é designado para se “agarrar” na proteína spike que fica na superfície do coronavírus, mas a Ômicron possui um número não usual de mutações nesta mesma proteína.

“Esses dados pré-clínicos demonstram potencial de nossos anticorpos monoclonais serem efetivos contra a última variante, a Ômicron, além de outras variantes de preocupação definidas pela OMS”, disse o chefe científico da GSK, Hal Barron.

A GSK e a Vir desenvolveram os chamados “pseudovírus”, que correspondem às mutações presentes nas variantes suspeitas que emergiram até o momento. As empresas têm testado a vulnerabilidade do tratamento com o sotrovimabe.




Leia também:

Terra Brasil Notícias