Coronel Azevedo apresentou projeto de lei que proíbe linguagem neutra na grade curricular no RN

Coronel Azevedo apresentou projeto de lei que proíbe linguagem neutra na grade curricular no RN

O Projeto de Lei proíbe a “linguagem neutra” na grade curricular e no material didático a ser utilizado nas
instituições de ensino pública e privada no Rio Grande do Norte.

A adoção deste tipo linguagem prejudica diretamente a aprendizagem de pessoas com dislexia, a interpretação de leitura labial de pessoas com surdez, além de pessoas cegas ou com baixa visão que utilizam o braille e softwares como formas de leitura. Ou seja, prejudica milhões de pessoas.




Leia também:

Terra Brasil Notícias