Equipe econômica teme que nova variante possa paralisar novamente a economia

Equipe econômica teme que nova variante possa paralisar novamente a economia

Auxiliares de Paulo Guedes estão preocupados com os efeitos que a nova variante do coronavírus, a Ômicron, possam causar na economia. Os técnicos da equipe econômica temem que um novo surto da doença obrigue os governantes a novamente adotar medidas de restrição social e de mobilidade, o que paralisaria a atividade e reduziria o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).

Na avaliação de um dos técnicos, os pregões das bolsas de valores no Brasil e no mundo, além do preço do dólar, devem ser influenciados por notícias sobre a doença. O temor dos investidores de auxiliares de Guedes é que a taxa de contágio da nova variante seja maior e que as vacinas existentes não sejam eficientes para imunizar as pessoas contra a Ômicron.

“As mutações da doença deixam todos preocupados. Estamos monitorando de perto os dados para saber o que pode ocorrer no mundo e os reflexos disso para a economia brasileira. O cenário ainda é incerto e isso é ruim porque deixa os investidores paralisados. Com isso, os efeitos podem ser ruins”, disse um técnico na condição de anonimato.

Créditos: O Antagonista.




Leia também:

Terra Brasil Notícias