Vereador de cidade do RJ é preso acusado de chefiar quadrilha de agiotas

Vereador de cidade do RJ é preso acusado de chefiar quadrilha de agiotas

O vereador de Duque de Caxias (Rio de Janeiro – RJ), Carlos Augusto Pereira Sodré, o Carlinhos da Barreira (MDB), foi preso na manhã desta sexta-feira na Operação Barreira Petrópolis.

De acordo com a força-tarefa da Polícia Civil do RJ e do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), Carlinhos chefia uma quadrilha de agiotas que praticam extorsão.

Carlinhos também foi denunciado por lavagem de dinheiro e fraude à licitação. O vereador está no 3º mandato consecutivo e foi o terceiro mais votado nas eleições de 2020.

Também foram presos os PMs Ricardo Silva dos Santos e Carlos Alexandre da Silva Alves.

Ricardo já foi subsecretário de Governo de Duque de Caxias e atualmente era secretário de Obras de Silva Jardim, na Região dos Lagos.

Carlos Alexandre servia à UPP Santa Marta, em Botafogo, na Zona Sul do Rio.

“O vereador recebeu, nas diversas contas bancárias mantidas por ele e por sua empresa, vários depósitos que somaram R$ 62 milhões, mesmo sem possuir receitas legais e declaradas que justificassem tamanha movimentação financeira”, afirmou o MPRJ.

Leia também:

Terra Brasil Notícias