Urgente: Rede Globo se desespera com baixa audiência e vai trocar várias pessoas no jornalismo da emissora, veja como vai ficar

Urgente: Rede Globo se desespera com baixa audiência e vai trocar várias pessoas no jornalismo da emissora, veja como vai ficar

A Globo anuncia neste domingo (10.out.2021) a troca de cadeiras entre jornalistas na programação da emissora: Tadeu Schmidt assumirá o BBB (Big Brother Brasil) em 2022; Maju Coutinho vai para o Fantástico e César Tralli fica com o Jornal Hoje.

A decisão foi tomada pouco depois do anúncio da saída de Fausto Silva dos domingos do canal da família Marinho. A Globo antecipou a saída do apresentador em 17 de junho. A informação é do Poder 360.

A emissora anunciou, em 22 de julho, que Luciano Huck estrearia com o Domingão do Huck a partir de setembro. Em seu lugar, aos sábados, entraria Marcos Mion –que saiu da Record em janeiro de 2021.

E mais: Tiago Leifert, que assumiu o Domingão do Faustão depois da saída abrupta de Fausto Silva da empresa, também anunciou o fim do contrato com a emissora, em 9 de setembro. Alegou motivos pessoais.

PERDAS NO 1º SEMESTRE: R$ 114 MI

As alterações no quadro vêm na esteira de prejuízo milionário do grupo da família Marinho. A Globo registrou prejuízo de R$ 114 milhões no 1º semestre –alta de 122% em relação ao mesmo período de 2020, quando perdeu R$ 51 milhões.

As alterações no quadro vêm na esteira de prejuízo milionário do grupo da família Marinho. A Globo registrou prejuízo de R$ 114 milhões no 1º semestre –alta de 122% em relação ao mesmo período de 2020, quando perdeu R$ 51 milhões.

A receita líquida foi de R$ 6,5 bilhões –avanço de 17%. A empresa cortou R$ 281 milhões em pessoal de janeiro a junho. Os dados foram divulgados ao mercado no início de setembro.

Apesar de apontar como fatores positivos, a retomada gradativa de gravações e a normalização da programação puxaram os resultados negativos da emissora. As medidas foram tomadas logo no início da pandemia –para combater a transmissão do coronavírus.

“A companhia manteve seus esforços na busca pela eficiência e, apesar de a pandemia ainda estar em curso, foi possível manter o alto padrão de segurança nos estúdios, permitindo a continuidade de projetos de conteúdos originais, programas ao vivo e reality shows”, diz em comunicado.

FOCO NOS STREAMINGS

A plataforma de streaming do grupo, Globoplay, tem conquistado espaço cada vez maior no mercado brasileiro. Em março de 2021, os assinantes da ferramenta assistiram a 253,3 milhões de horas de conteúdo –alta de 119% frente ao mesmo mês de 2020, quando foram 115 milhões de horas.

Desde o lançamento da plataforma, em novembro de 2015, a Globo tem ampliado seu acervo nacional –como, por exemplo, disponibilizando séries e novelas antigas.

O serviço, que já está disponível nos Estados Unidos, chegará à Europa e ao Canadá em 14 de outubro. O objetivo é expandir para Ásia e África. Além do catálogo tradicional da plataforma, também são oferecidos os conteúdos de canais pagos, como GNT, Multishow, GloboNews e Off.

TRANSMISSÕES ESPORTIVAS

Com efeito direto nas perdas financeiras da empresa, a Globo tem perdido seu poderio nas transmissões de eventos esportivos. Para cortar gastos, a empresa tem cortado transmissões.

A emissora perdeu os direitos da Copa Libertadores, depois de anos de domínio. Também deixou de transmitir Campeonato Carioca, Campeonato Paulista, Copa Sul-Americana e Recopa Sul-Americana.

No exterior, deixou de ter os direitos da Liga dos Campeões da Europa e por pouco não perdeu a exibição da Copa do Mundo de 2022 –pois chegou a acordo com a Fifa, em 22 de agosto, por US$ 90 milhões.

Não foi só no futebol. A Band fechou, em fevereiro, o contrato de transmissão da Fórmula 1 para as temporadas de 2021 e 2022. A Globo disse que não houve acordo, citando a “nova realidade mundial dos direitos esportivos”.

Leia também:

Terra Brasil Notícias