Jogador que foi acusado de tentativa de homicídio durante jogo está em liberdade provisória

Jogador que foi acusado de tentativa de homicídio durante jogo está em liberdade provisória

William Ribeiro, atleta do Sport Club São Paulo, saiu de campo preso por tentativa de assassinato do juiz Rodrigo Crivellaro. O caso apareceu na CNN Internacional e gerou um ritual de protestos dos juízes e bandeirinhas antes de cada jogo realizado no Brasil.

A partida entre o Sport Club São Paulo e o Guarani-RS, realizado na cidade de Venâncio Aires, era válido pela Série A2 do Campeonato Gaúcho. O juiz Crivellaro, que já foi liberado pelo hospital declarou que não se lembra do que aconteceu. “Meus colegas bandeirinhas me disseram que eu mostrei meu cartão amarelo a ele. Ele me deu um soco na cara, eu caí no chão, fui chutado e desmaiei”.

William Ribeiro teve seu contrato imediatamente cancelado. Nenhum advogado da cidade aceitou defender o acusado, que agora vai ser encaminhado a um defensor público. “Esse jogador precisa de tratamento porque está totalmente fora de controle”, declarou a vítima. “Ele merece ficar preso por muito tempo”. William Ribeiro já está em liberdade provisória após audiência de custódia.

Leia também:

Terra Brasil Notícias