“Gabinete do amor”: Lula fecha andar de hotel para ele e sua equipe e monta gabinete anti-Bolsonaro

“Gabinete do amor”: Lula fecha andar de hotel para ele e sua equipe e monta gabinete anti-Bolsonaro

Em uma semana de conversas em Brasília, o ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva montou uma espécie de gabinete para receber deputados, senadores e outras personalidades do mundo político. A tônica de todas as conversas tem sido uma união de forças contra Jair Bolsonaro (sem partido) e o bolsonarismo nos estados.

Com isso, Lula começa a esboçar o leque de alianças formais ou mesmo apoios informais mútuos para as eleições de 2022.

O “gabinete” de Lula funciona em uma sala em um hotel da região central da capital federal, a 4 km do Congresso Nacional e do Palácio do Planalto. São menos de 10 minutos de carro.

Para se ter acesso ao local, é necessário um cartão que libera o elevador no andar de Lula, que está restrito até a próxima sexta-feira (8/10), quando o ex-presidente deve conceder uma entrevista coletiva.

Leia também:

Terra Brasil Notícias