Diretora médica afirma que pílula anticovid será discutida em breve com a Anvisa

Diretora médica afirma que pílula anticovid será discutida em breve com a Anvisa

A diretora médica da MSD Brasil, Márcia Datz Abadi, afirmou que a farmacêutica norte-americana pretende “falar com a Anvisa muito em breve” sobre o pedido de autorização para o uso emergencial do medicamento molnupiravir no tratamento de covid-19.

Na última 2ª feira (11.out.2021), a empresa, também conhecida como Merk, anunciou que solicitou à FDA (Food and Drug Administration, agência regulatória dos EUA) a autorização do uso emergencial do comprimido depois que resultados preliminares mostraram uma redução de 50% nos riscos de hospitalização e morte em pessoas com casos leves e moderados da doença. A informação é do Poder 360.

“O objetivo é que a gente tenha, a partir de agora, outras conversas [com as agências regulatórias], inclusive com a Anvisa, num tempo regular e muito em breve”, disse Márcia Abadi em entrevista ao Poder360.

A diretora médica avalia que no momento não é possível especificar uma data devido à necessidade de atender os requerimentos da FDA, mas afirma que já houve conversas preliminares sobre o medicamento com a agência regulatória do Brasil

Produzido pela farmacêutica norte-americana, o molnupiravir é um antiviral oral que impede a replicação do vírus. Ele foi descoberto a partir de um estudo inicial da biotech RidgeBack Biotherapeutics que analisava o remédio contra o Sars-CoV-1 e o MERS – vírus causador da Síndrome Respiratória do Oriente Médio.

Leia também:

Terra Brasil Notícias