“Bolsonaro tentou usar o STF como bode expiatório do desastre da política sanitária no Brasil”, diz Gilmar Mendes

“Bolsonaro tentou usar o STF como bode expiatório do desastre da política sanitária no Brasil”, diz Gilmar Mendes

Em entrevista à revista IstoÉ, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, acusou o presidente Jair Bolsonaro de tentar usar a Corte como “bode expiatório” dessa “crise” da pandemia da Covid-19 no Brasil.

Questionado se Bolsonaro “extrapolou nos ataques a ministros do STF”, Gilmar respondeu:

“O ministro Dias Toffoli, à época presidente do STF, deu uma resposta adequada em 2019, quando instalou o inquérito das fake news. Não é à toa que a abertura desse inquérito foi ratificada pelo tribunal. Esse inquérito deu a base para as reações que tivemos e que permitiram uma defesa adequada da Corte e da democracia”. A informação é da Gazeta Brasil.

“Acho que se tentou usar a Corte como bode expiatório dessa crise e dar a ela um problema de má governança a ser resolvido. O desastre da política sanitária do governo nada teve a ver com o tribunal. O STF disse sempre que um sistema tripartite de União, estados e municípios deveria ser coordenado. Mas se a União não atuava, estados e municípios não poderiam ficar impedidos de atuar”, continuou.

“Tenho a impressão de que, no jogo político, se estava atrás de um bode expiatório e o STF, talvez, fosse um vistoso bode para explicar a falência de uma política pública negacionista”, finalizou Gilmar.

Leia também:

Terra Brasil Notícias