Balneário Camboriú tem praia ‘invadida’ por tubarões após faixa alargada de areia

Balneário Camboriú tem praia ‘invadida’ por tubarões após faixa alargada de areia

Nos últimos meses, uma quantidade maior de tubarões passou a frequentar as praias do Balneário Camboriú, um dos principais destinos turísticos do verão brasileiro, no litoral norte de Santa Catarina. Desde agosto, pelo menos 16 espécimes de porte médio foram avistados na região. Um deles chegou a esbarrar em uma surfista. Especialistas acreditam que o aumento nas aparições desses animais pode estar relacionado com as obras de alargamento da faixa de areia da Praia Central do balneário. A prefeitura disse que a obra respeita todas as normas ambientais.

No último dia 13, um grupo de surfistas viu um tubarão de quase um metro enquanto praticava o esporte na Praia Central, no balneário. O surfista Pita Tavares, de 41 anos, contou que o animal bateu a cauda em sua perna e resvalou a cabeça em suas costas. Conforme o relato, há 30 anos surfando no local ele jamais tinha visto um tubarão por ali. Dois dias depois, um morador socorreu e arrastou para o mar um tubarão com cerca de 30 quilos que havia encalhado na Praia Central. Um mês antes, um tubarão maior, com cerca de dois metros, foi visto nadando no trecho em que acontecem as obras de alargamento da faixa de areia.

A equipe do Museu Oceanográfico da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) analisou as imagens e identificou o animal como um tubarão-martelo jovem. O curador do museu, professor Jules Soto, acredita que a presença maior dos tubarões se deva ao trabalho das dragas que movimentam a areia na praia, fazendo com que haja maior dispersão de pequenos moluscos e outros alimentos para os peixes que, por sua vez, atraem os tubarões. “Quando a dragagem cessar, os tubarões não devem mais chegar tão perto da praia”, disse.

Leia também:

Terra Brasil Notícias