STF nega ação de Deputada do PT contra Rogério Marinho: “ela não quer que o município receba verba pra uma praça porque Rogério Marinho tem um terreno lá”

STF nega ação de Deputada do PT contra Rogério Marinho: “ela não quer que o município receba verba pra uma praça porque Rogério Marinho tem um terreno lá”

O ministro Barroso negou o pedido de instauração de inquérito contra os ministros Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Gilson Machado (Turismo) em razão de uma verba para construção de uma praça na cidade de Monte das Gameleiras no Rio Grande do Norte, onde o Ministro do MDR tem um terreno.

A razão da ação da Deputada contra os Ministros, era por terem destinado verba para construção de uma praça na cidade de Monte das Gameleiras, tudo isso, pasmem, porque Rogério Marinho tem um terreno na cidade há duas décadas, o prefeito da cidade disse que vinha brigando por esses recursos há mais ou menos 5 anos, e que o ministro Rogério Marinho ter um terreno na cidade não pode ser motivo para penalizar o município a não receber mais verbas federais.

O prefeito da cidade esclareceu que a verba para construção da praça foi uma emenda de Beto Rosado, deputado mais votado no Município, destinado pelo Ministério do Turismo, já o ministro Rogério Marinho disse que é um absurdo o município não poder receber uma verba porque ele tem um terreno na cidade.

A rejeição da notícia-crime pelo ministro do STF, foi feita em pedido apresentado pela deputada Natália Bonavides (PT-RN).

Leia também:

Terra Brasil Notícias