Sob gritos de ‘olê olê, vamos tirar o Bolsonaro do poder’, Doria dança em ato do MBL na Avenida Paulista

Sob gritos de ‘olê olê, vamos tirar o Bolsonaro do poder’, Doria dança em ato do MBL na Avenida Paulista

O governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República, João Doria (PSDB), marcou presença no  protesto contra o presidente Jair Bolsonaro convocadas pelo MBL (Movimento Brasil Livre) para este domingo. Sob gritos de ‘calcinha’, o tucano caiu na dança ao lado dos líderes do MBL. 

“O impeachment não é a principal reforma. Temos que respeitar a Constituição. Com impeachment ou sem impeachment, caminhar pela democracia. Não precisamos, necessariamente, do impeachment. Temos eleições em 2022, eleições diretas, com a urna eletrônica. Se Bolsonaro não receber o impeachment, receberá o impedimento pelo voto, em outubro de 2022, quando será derrotado”, disse o governador durante discurso.

Falando sobre uma de suas bandeiras, o governador de SP exaltou o desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19 em São Paulo. “É a vacina que salva. E foi São Paulo quem foi buscar a vacina em vez de comprar cloroquina.”

Créditos: Gazeta Brasil.

Leia também:

Terra Brasil Notícias