“Se arrependimento matasse..”: convocação de Ministro da CGU foi péssimo negócio pra CPI de OMAR

“Se arrependimento matasse..”: convocação de Ministro da CGU foi péssimo negócio pra CPI de OMAR

Hoje os senadores tiveram que “engolir o choro”, com seus discursos para a plateia, achincalhamentos de depoentes e malversação de uma ferramenta poderosa que é a comissão parlamentar de inquérito que foi usada como palco político nos últimos meses, hoje tiveram um convidado indigesto, Ministro Wagner do Rosário, funcionário de carreira da CGU, com uma técnica apurada não deixou a malandragem dos senadores avançar.

As narrativas de sempre foram derrubadas em praça pública, a vergonha foi tanta que as TVs que adoram o sensacionalismo e os ataques a quem vem à CPI, tiveram que tirar do ar por algumas vezes, foi uma aula e alguns senadores como Renan Calheiros que costuma usar personagens “bobocas” da literatura para comparar a os depoentes, foi prontamente repreendido pelo ministro que se mostrou firme e não cedeu nem para as senadores Simone Tebet e eliziane Gama que costumam usar o discurso de serem mulheres para não receberem repostas a altura, foi um desastre para o G7 ou G6 ou G5, ninguém sabe ao certo quantos ainda estão nessa barca furada chamada CPI do Covid.

Leia também:

Terra Brasil Notícias