Presidente da Argentina está pressionado após derrota em redutos esquerdistas

Presidente da Argentina está pressionado após derrota em redutos esquerdistas

Derrota em redutos peronistas pressiona Fernández por mudanças.

A coalizão esquedista “Frente de Todos”, liderada pelo presidente Alberto Fernández e pela vice Cristina Kirchner, sofreu um duro revés nas eleições primárias para o Legislativo da Argentina.

A derrota aumentou a pressão na Casa Rosada por mudanças no governo.

Os reveses em bastiões clássicos do peronismo, como a grande Buenos Aires e as províncias do sul da Patagônia, foram vistos com preocupação por setores governistas.

Agora, a meta é simples: implementar esforços para mudar o cenário atual até as eleições de 14 de novembro. 

Uma reforma ministerial, avaliam analistas ouvidos pelo jornal Estadão, está na mesa.

Leia também:

Terra Brasil Notícias