Moraes determina busca e apreensão na Aprosoja por suposto financiamento de atos violentos no 7 de Setembro

Moraes determina busca e apreensão na Aprosoja por suposto financiamento de atos violentos no 7 de Setembro

A Polícia Federal cumpre, na tarde desta segunda-feira (06), mandado de busca e apreensão na sede da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja), em Cuiabá, por suspeita de financiamento de atos violentos no 7 de Setembro contra o Supremo.

O suposto financiamento seria para que manifestantes viajassem até Brasília (DF), onde deve acontecer manifestações em prol do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na terça-feira (07), Dia da Indepêndencia do Brasil.

A medida foi determinada por Alexandre de Moraes, a pedido da PGR, e inclui o bloqueio das contas da entidade. Os agentes federais estão em busca de documentos e computadores que possam comprovar supostos usos de recursos públicos para financiar as manifestações de 7 de setembro através da entidade.

Créditos: Olhar Direto

Leia também:

Terra Brasil Notícias