Luciano Hang deve ir à Justiça contra senadores da CPI da Covid

Luciano Hang deve ir à Justiça contra senadores da CPI da Covid

O empresário Luciano Hang afirmou que vai à Justiça contra senadores da CPI da Covid. Em entrevista à rádio Jovem Pan, o dono da rede de lojas Havan avaliou que houve uma série de crimes cometidos contra ele durante sessão da Comissão no Senado Federal.

Segundo Hang, um dos crimes foi a exposição do atestado de óbito e do prontuário médico da mãe dele, vítima do novo coronavírus. “Meus advogados já estão aqui e vão entrar no individual de cada senador. Embora eles sejam senadores, eles não podem cometer crimes. Não foi só um crime de documentos, foi um crime moral, é uma desumanidade o que fizeram com a minha mãe”, disse à rádio.

Para ele, houve a abertura do sigilo da senhora que já faleceu, por causa de um discurso político. “Não foi só um crime de documentos, foi um crime moral, é uma desumanidade o que fizeram com a minha mãe”, ressaltou.

A morte da mãe do empresário também foi tema da Comissão de Inquérito do Senado, quando Hang passou a ser questionado se a senhora de 82 anos recebeu medicamentos defendidos por ele nas redes sociais, que fazem parte de um chamado “tratamento” contra covid-19.




Leia também:

Terra Brasil Notícias