Ibovespa dispara e volta aos 116 mil pontos com nota pacificadora de Bolsonaro

Ibovespa dispara e volta aos 116 mil pontos com nota pacificadora de Bolsonaro

Após reunião com o ex-presidente Michel Temer(MDB) no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro emitiu uma nota oficial na qual diz que “nunca teve nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes”, que “sempre esteve disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles” e que suas palavras “por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum”.

O tom mais ameno fez o mercado reagir de forma imediata, com o Ibovespa, que caía 0,67%, passou para uma alta de 2,30%, aos 116.017 pontos, e o dólar puxando para uma queda de 1,60%, aos R$ 5,240, às 16h44. Assim, o desempenho do Ibovespa destoa dos índices americanos, que operam em queda. Os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq 100 recuavam respectivamente 0,35%, 0,36% e 0,09%.

Bolsonaro reconhece que as “divergências” acontecem por causa de “conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news“. Mas afirmou que “essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal”.

Na declaração, Bolsonaro ainda afirma que a harmonia entre os poderes não é um desejo seu, mas sim uma “determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar”.

Reforçando o tom conciliador, Bolsonaro também disse que “Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição”.

A sugestão da nota pacificadora foi de Temer, quem indicou o ministro Alexandre de Moraes ao STF durante o seu mandato em 2017. A CNN Brasil informou que Temer redigiu a nota pacificadora. “Estou ajudando a pacificar o país, faço o que sempre fiz em minha vida pública”, afirmou o ex-presidente.

Leia também:

Terra Brasil Notícias