Parte do programa de rádio A Voz do Brasil, virou um programa para bater em Bolsonaro

Parte do programa de rádio A Voz do Brasil, virou um programa para bater em Bolsonaro

O programa A Voz do Brasil, virou uma forma de divulgação da oposição à Bolsonaro, em uma hora de programação, 90% do tempo é usado contra o próprio governo, só mostrando pautas da esquerda e da oposição ao governo federal, o que mais intriga é que o programa é de responsabilidade do próprio governo.

A Voz do Brasil é o programa de rádio mais antigo do país e do hemisfério sul ainda em transmissão. Foi criado em 1935, durante o governo de Getúlio Vargas, com o nome Programa Nacional. Em 1938, passou a ter transmissão obrigatória com horário fixo das 19 às 20h, e seu nome mudou para A Hora do Brasil. Em 1962, adotou o nome A Voz do Brasil, que mantém até hoje.

O Ministério das Comunicações disse não ter ingerência na maior parte do programa: “as pautas vêm de todos os poderes e nós só publicamos”. A Hora do Brasil tem uma audiência altíssima na região Norte e Nordeste, principalmente na faixa etária de idosos e nos pequenos povoados dessas regiões.

A Voz do Brasil é dividida em quatro partes: Executivo, Judiciário, Câmara dos Deputados e Senado. Cada noticiário integrante da Voz do Brasil tem formato próprio, muito embora todos sejam oficiais. Por isso, parlamentares usam seu espaço para atacar o executivo.

De acordo com o plano editorial atual da Voz do Brasil, os repórteres devem, “contextualizar os fatos em notas explicativas que troquem em miúdos a informação para que o ouvinte possa incorporá-la a seu vocabulário ativo e para que ele possa agir a partir do que ficou sabendo”.

Leia também:

Terra Brasil Notícias