Aeroporto de La Palma é reaberto após remoção de cinzas da pista

Aeroporto de La Palma é reaberto após remoção de cinzas da pista

Terminal ficou interditado por 24 horas devido à erupção vulcânica que espalhou destroços pela região sudoeste da Espanha

O aeroporto da ilha espanhola de La Palma (Canárias), foi reaberto neste domingo (26), 24 horas depois de ter sido fechado pelas cinzas da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou a administradora de aeroportos espanhola. 

Graças ao trabalho de limpeza das cinzas durante a noite, “o aeroporto de La Palma está de volta à operação”, anunciou a AENA no Twitter. “Agora pode operar com a aprovação prévia do plano de [cada] voo” pelas autoridades de controle de tráfego aéreo, acrescentou o órgão.

A AENA aconselhou, porém, os viajantes a verificarem com sua companhia aérea antes de irem ao aeroporto, que foi fechado neste sábado (25) devido ao acúmulo de cinzas vulcânicas nas pistas.

A medida causou longas filas no porto de Santa Cruz de La Palma, com viajantes tentando ir de balsa para as ilhas vizinhas, em particular Tenerife.

O fechamento do aeroporto coincidiu com o aparecimento de novos fluxos de lava, o desabamento de parte do cone e a intensificação da atividade do vulcão, que entrou em erupção no último domingo (19).

Esta situação motivou a evacuação de outra área da ilha no sábado, elevando a mais de 6.200 o número de ilhéus que tiveram que deixar suas casas nesta semana.

De acordo com os últimos dados do Copernicus, o sistema de medição geoespacial europeu, a lava já destruiu 461 imóveis – ou seja, mais 41 em 24 horas – e cobriu cerca de 212 hectares nesta ilha cuja atividade econômica mais importante é o cultivo de banana.

As duas erupções anteriores em La Palma ocorreram em 1949 e 1971, causando a morte de três pessoas no total, duas delas por inalação de gases.

Leia também:

Terra Brasil Notícias