Hamilton define GP da Bélgica como “farsa” e pede que Fórmula 1 reembolse fãs

Hamilton define GP da Bélgica como “farsa” e pede que Fórmula 1 reembolse fãs

Sem esconder a frustração com os desdobramentos do GP da Bélgica, realizado neste domingo (29), Lewis Hamilton voltou a usar as redes sociais para prestar apoio aos fãs presentes nas arquibancadas de Spa-Francorchamps. Depois de pouco mais de 3 horas e meia de espera, o que houve foi uma não-corrida, com apenas a execução de poucas voltas atrás do safety-car para que a etapa fosse validada e contasse pontos para o campeonato. No entendimento do heptacampeão mundial, o que aconteceu nesta tarde no circuito belga foi uma farsa.

Em postagem no Instagram, o piloto da Mercedes defendeu que a prova fosse cancelada de forma mais rápida e que, principalmente, a Fórmula 1 devolva o dinheiro dos ingressos para os fãs que acompanharam a não-corrida.

“Hoje foi uma farsa. Os únicos prejudicados foram os fãs que pagaram um bom dinheiro para nos ver correndo. Claro que não há nada que se possa fazer a respeito do clima, mas temos equipamentos sofisticados que nos dizem o que irá acontecer. Estava claro que o clima não nos deixaria correr hoje”, escreveu Lewis.

“Fomos mandados para a pista por apenas um motivo. Dar duas voltas atrás do safety-car, quando não há a possibilidade de ganhar ou perder posições e dar entretenimento aos fãs, não é corrida. Deveríamos ter apenas cancelado, sem arriscar os pilotos. E o mais importante era ter ressarcido os fãs que são o coração de nosso esporte”, defendeu o dono do carro #44.

Leia também:

Terra Brasil Notícias