Grupos de esquerda pedem ao MP autorização para protestar na Paulista no dia 7

Grupos de esquerda pedem ao MP autorização para protestar na Paulista no dia 7

Movimentos de esquerda protocolaram na quinta-feira 19 uma ação no Ministério Público de São Paulo (MP-SP) em que pedem autorização para ocupar a Avenida Paulista no dia 7 de setembro, mesma data em que apoiadores do governo do presidente Jair Bolsonaro sairão às ruas.

Um dos principais atos convocados pelos simpatizantes de Bolsonaro está marcado justamente para a Paulista. Os grupos de esquerda pretendem, na pior das hipóteses, dividir a avenida com os governistas.

Nesta semana, a Secretaria Estadual de Segurança Pública de São Paulo autorizou os partidários do presidente a se manifestarem na Paulista no feriado de 7 de setembro, dia da Independência do Brasil. Segundo a pasta, foi estabelecido um rodízio entre governistas e opositores, e o último protesto no local, no dia 24 de julho, foi organizado pelos esquerdistas.

Em nota, o MP-SP confirmou que a representação dos opositores de Bolsonaro foi recebida e está “sob análise”. A defensoria não informou, no entanto, quais são os movimentos que assinam o pedido. A Polícia Militar (PM-SP) e a Secretaria de Segurança Pública temem que, com dois protestos simultâneos no mesmo local, haja possibilidade de confrontos entre os militantes.

Leia também:

Terra Brasil Notícias