CPI quer fechar relatório até o dia 22 de setembro

CPI quer fechar relatório até o dia 22 de setembro

A cúpula da CPI quer marcar a apresentação do relatório da comissão para 22 de setembro. A data ventilada antes era a de 17 de setembro. Mas, após reunião nessa terça-feira (17) à noite, os senadores avaliaram que seria melhor dar mais uma semana de trabalho.

Perguntado pela CNN, o relator Renan Calheiros não cravou data. Ele explicou que está trabalhando para apresentar o texto na segunda quinzena de setembro. “Precisamos ouvir, pelo menos, 12 depoentes e aprovar todos os requerimentos necessários ao aprofundamento da investigação”, disse.

A ideia de reconvocar o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello não tem consenso até agora. Outro capítulo que não encontra espaço é o de retomar a oitiva do ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel em sessão secreta.

Por outro lado, a comissão quer ouvir novamente o líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros, e o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Élcio Franco.

A ala governista já prepara um relatório alternativo para rivalizar com a versão de Renan Calheiros.

Leia também:

Terra Brasil Notícias