Bolsonaro envia ajuda humanitária ao Haiti após terremoto devastador

Bolsonaro envia ajuda humanitária ao Haiti após terremoto devastador

O governo brasileiro enviou, na manhã deste domingo (22), uma missão humanitária ao Haiti, que ficou devastado após um terremoto de magnitude 7.2, no último dia 15, e um ciclone tropical dois dias depois. Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou de Brasília rumo à Porto Príncipe levando militares, medicamentos e equipamentos de emergência.

Os desastres naturais no Haiti já deixaram mais de 2 mil mortos, e pelo menos 10 mil feridos. Milhares de pessoas estão desabrigadas e outras centenas desaparecidas.

Em seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro se solidarizou com a situação do Haiti e destacou a boa relação com o país africano. O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, também participou da cerimônia.


Ministério da Defesa
·22 de ago de 2021#ForçaHaiti | Veja as palavras do Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, por ocasião do embarque para a Missão Humanitária Multidisciplinar em Apoio ao Haiti.

Ministério da Defesa@DefesaGovBr#ForçaHaiti | Veja as palavras do Presidente da República, @jairbolsonaro.

8:41 AM · 22 de ago de 20212303Compartilhar este Tweet

– A solidariedade é a marca do povo brasileiro. Há pouco tivemos uma missão também no Líbano. Temos uma antiga, no Haiti, que findou-se há pouco tempo. Há menos de uma semana recebi uma ligação de pedido dos nossos irmãos haitianos. Rapidamente, com as Forças Armadas, com o nosso corpo diplomático, entre outras instituições, essa missão foi rapidamente programada. […] Desejo sucesso e que Deus os acompanhem nesse momento que os nossos irmãos haitianos ainda sofrem com mais uma catástrofe – disse o presidente.

A avião da FAB partiu levando um representante do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), 32 bombeiros (militares e civis) e aproximadamente 7 toneladas de insumos e equipamentos de emergência do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, de Minas Gerais e também da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP).

O governo brasileiro também está transportando 3,5 mil toneladas de medicamentos e materiais estratégicos do Ministério da Saúde, como macas, colares cervicais, biombos e outros equipamentos. Há ainda kits com insulina humana tipo regular, muito utilizada para a ação rápida em casos de choque – geralmente causado pela perda intensa de sangue.

A expectativa é que a aeronave chegue à Porto Príncipe às 19h25, no horário de Brasília.

Créditos: Pleno news

Leia também:

Terra Brasil Notícias