Ataque com drones matou dois membros do Estado Islâmico, dizem EUA

Ataque com drones matou dois membros do Estado Islâmico, dizem EUA

Os Estados Unidos disseram que dois membros de “alto escalão” do Estado Islâmico de Khorasan foram mortos e um ficou ferido após ataques de drones realizados sexta-feira (27). Foram atingidos um facilitador e um estrategista do grupo terrorista, informou general americano. Treze membros do Exército americano foram mortos no ataque. 

“Posso confirmar, agora que recebemos mais informações, que dois alvos importantes do EI morreram e outro foi ferido no ataque executado neste sábado de fora do Afeganistão”, afirmou o general americano Hank Taylor.

“O que eu posso confirmar é que dois membros do alto escalão do Estado Islâmico-K foram mortos, e um ficou ferido. Pelo o que sabemos, não houve morte de civis. Sem especificar detalhes de planos futuros, nós vamos continuar com nossa estratégia de nos defender e de conduzir o número necessários de operações contraterroristas”, disse Taylor.

O secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, disse que os nomes dos alvos dos drones não seriam divulgados.

“O fato de dois desses indivíduos não estarem mais andando na face da terra é uma coisa boa”, disse Kirby sobre o ataque do drone. “É uma coisa boa para o povo do Afeganistão e é uma coisa boa para nossas tropas e nossas forças naquele campo de aviação.”

Autoridades americanas disseram que as ameaças continuam no aeroporto de Cabul após o atentado de quinta-feira, que matou quase 200 pessoas, incluindo 13 militares americanos.

Autoridades do Pentágono ofereceram mais informações no sábado sobre as operações contínuas no Afeganistão, incluindo esforços de evacuação e o ataque de drones.

Créditos: Gazeta Brasil

Leia também:

Terra Brasil Notícias