Após 33 anos, esposa de bombeiro será indenizada por ter lavado farda contaminada com Césio

Após 33 anos, esposa de bombeiro será indenizada por ter lavado farda contaminada com Césio

Uma dona de casa de 71 anos conseguiu indenização de R$ 20 mil por danos morais por comprovar que desenvolveu depressão grave após ser acometida por câncer de pele ao lavar a farda do marido, um bombeiro militar, enquanto ele trabalhava no combate ao acidente do Césio 137, em Goiânia, há 33 anos. A decisão é da Justiça Federal em Goiás.

Leia também:

Terra Brasil Notícias