Al Capone e ‘El Chapo’ soltos: Saiba o que aconteceria se criminosos famosos da história tivessem sido presos no Brasil

Al Capone e ‘El Chapo’ soltos: Saiba o que aconteceria se criminosos famosos da história tivessem sido presos no Brasil

Prisão perpétua e, em 24 de 50 estados, pena de morte. Essas são duas diferenças expressivas entre os sistemas penais dos Estados Unidos e do Brasil. Mas não são as únicas. Os americanos concedem maior liberdade para os estados definirem suas penas, por exemplo, a não ser para os crimes federais – que incluem evasão fiscal, posse de armas, sequestro de pessoas ou veículos, linchamento, assalto a banco, pornografia infantil, roubo de identidade e fraude com cartão de crédito. As informações são da Gazeta do Povo.

aiba o que possivelmente aconteceria, no Brasil, com seis criminosos condenados em território americano – a maioria por homicídio.

Al Capone (1899-1947)

Crimes: Conhecido pela alcunha Scarface, o gangster liderou um grupo que realizava diferentes atividades criminosas, de apostas e agiotagem a prostituição e contratando de bebidas.
Condenado por: Sonegação de impostos.
Tempo de pena nos EUA: Onze anos, sem possibilidade de condicional.
Quanto tempo pegaria no Brasil: “No Brasil, dependeria da interpretação do tribunal”, diz Thiago Sorrentino. “Ele poderia pegar entre 4,8 e 37,5 anos, lembrando do limite de 30 anos de cumprimento de pena”.

John Dillinger (1903-1934)

Crimes: Acusado de assaltar 24 bancos e quatro delegacias, além de assassinar um guarda de Indiana chamado William O’Malley.
Condenado por: Nenhum julgamento foi concluído.
Tempo de pena nos EUA: Foi julgado pelos assaltos e pelo homicídio, mas escapou da cadeia em ocasiões diferentes. Começou a ser perseguido pelo FBI depois que atravessou a fronteira entre Indiana e Illinois com um carro roubado – e cometeu, portanto, um crime federal. Morreu durante um tiroteio com a polícia.
Quanto tempo pegaria no Brasil: 13,5 anos pelo homicídio.

Charles Manson (1934-2017)

Crimes: Fundou uma seita cujos seguidores cometeram nove assassinatos, em quatro locais diferentes, em julho e em agosto de 1969.
Condenado por: Assassinato em primeiro grau por duas mortes e conspiração para cometer assassinato de sete pessoas.
Pena nos EUA: Foi condenado à morte em 1971. No entanto, depois que a Califórnia abandonou a prática, no ano seguinte, a pena foi revertida para prisão perpétua com a possibilidade de condicional. Mas Manson nunca recebeu a condicional e permaneceu detido desde 1971 até a morte, em 2017.
Quanto tempo pegaria no Brasil: Entre 61,5 e 154,5 anos, com limite de 30 anos em cela.

Ted Bundy (1946-1989)

Crimes: O serial killer assassinou possivelmente mais de 50 pessoas, em diferentes estados. Foi condenado mesmo negando ter cometido os crimes até poucos meses antes da morte, quando confessou.
Condenado por: 36 homicídios de mulheres.
Tempo de pena nos EUA: Condenado à pena de morte, foi colocado na cadeira elétrica aos 42 anos de idade.
Quanto tempo pegaria no Brasil: De 144 a 360 anos de prisão, com limite de permanência de 30 anos.

Jeffrey Dahmer (1960-1994)

Crimes: Matou homens de diferentes idades, incluindo garotos, em ações que envolviam canibalismo e necrofilia.
Condenado por: 16 assassinatos.
Tempo de pena nos EUA: 16 prisões perpétuas. Detido em 1991, morreu espancado por um colega de cela três anos depois.
Quanto tempo pegaria no Brasil: De 64 a 160 anos de prisão, com limite de permanência de 30 anos.

Joaquin “El Chapo” Guzman (1957-)

Crimes: Foi um dos mais poderosos traficantes do planeta enquanto chefiou o cartel de Sinaloa, no México.
Condenado por: No México, pegou 20 anos de pena por tráfico de drogas e homicídio. Ficou detido por oito anos até escapar. Foi preso novamente em 2014, escapou em 2015, acabou recapturado em 2016 e extraditado aos Estados Unidos.
Tempo de pena nos EUA: Em solo americano, foi condenado à prisão perpétua.
Quanto tempo pegaria no Brasil: 5 a 15 anos de reclusão para tráfico internacional e 12 a 20 anos para homicídio, totalizando 17 a 35 anos, com limite de permanência de 30 anos.

Leia também:

Terra Brasil Notícias