URGENTE: YouTube Remove 14 Lives do presidente Bolsonaro do ar

URGENTE: YouTube Remove 14 Lives do presidente Bolsonaro do ar

Os vídeos foram publicados por Bolsonaro entre o ano passado e este ano, e foram derrubados por trazerem conteúdo que a plataforma considera falso e violarem a política de informações médicas sobre a Covid-19.

Entre as 14 lives que serão removidas, estão as transmissões que o presidente fez em 6 de agosto do ano passado, com Eduardo Pazuello, e em 27 de agosto, com Damares Alves. Outra, já deste ano, e posterior à nova política, que foi implementada em abril, foi feita diretamente do Amazonas, em 27 de maio. O 15º, é um vídeo que o presidente repostou de uma entrevista da médica Nise Yamaguchi recomendando cloroquina e ivermectina em uma entrevista para a emissora CNN.

O YouTube disse ainda no comunicado que as diretrizes “estão de acordo com a orientação das autoridades de saúde locais e globais”, e que as políticas internas foram mudadas para seguir essas orientações. “Aplicamos nossas políticas de forma consistente em toda a plataforma, independentemente de quem seja o produtor de conteúdo ou de visão política”, informou o texto.

Leia também:

Terra Brasil Notícias