SP, Brasília, Rio, BH e mais de 500 cidades no Brasil devem fazer fazer manifestações pelo voto impresso auditável “deverão ocorrer as maiores manifestações que o Brasil já viu desde o impeachment de Dilma”

SP, Brasília, Rio, BH e mais de 500 cidades no Brasil devem fazer fazer manifestações pelo voto impresso auditável “deverão ocorrer as maiores manifestações que o Brasil já viu desde o impeachment de Dilma”

As redes sociais se inundaram de convites para as manifestações de amanhã, dia 01, em favor do voto impresso auditável, isso era tudo que os opositores da ideia não queriam, a comissão especial tentou barrar a PEC antes desses atos, mas não obtiveram êxito, com toda essa pressão o congresso pode mais uma vez mudar a forma de auditoria das urnas eletrônicas, o congresso já havia mudado em 2015 mas o STF derrubou por entender que deveria se mudar a constituição.

Segundo organizadores do evento, há uma interação e procura pelas indicações dos locais que chegam a impressionar, segundo o movimento “nas ruas”, são Paulo e Brasília devem bater recorde de público bem como Belo Horizonte e Rio de Janeiro devem ter multidões de apoiadores, o voto auditável é uma reivindicação do presidente Bolsonaro que acredita em uma possível fraude articulada, caso não haja a impressão como comprovação do voto na urna eletrônica.

Já o TSE na pessoa de seu atual presidente, Ministro Roberto Barroso, acha desnecessário o voto impresso auditável e critica as falas do presidente Bolsonaro, “o próprio Bolsonaro se elegeu valendo-se do sistema atual que é completamente seguro e auditável”, disse o ministro.




Leia também:

Terra Brasil Notícias