Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz é acusado de usar a entidade como trampolim para sua carreira política

Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz é acusado de usar a entidade como trampolim para sua carreira política

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, é alvo de críticas de conselheiros por haver pautado o exame do impeachment do presidente da República no conselho federal da entidade.

Santa Cruz tem sido acusado de usar a entidade para se lançar na política partidária, nas eleições de 2022. Ambicioso, ele acha que tem estatura política para disputar até mesmo o governo do Rio de Janeiro.

“A OAB não pode ser  trampolim de nada”, escreveu a certa altura o conselheiro Luiz Guardiero, numa referência ao fato de Santa Cruz estar usando a entidade em benefício dos próprios interesses políticos. Depois, concluiu: “esse assunto deve ser encerrado.”

Demonstrando sua dificuldade de lidar com a divergência, Santa Cruz, a certa altura, sai do grupo de conselheiros federais da OAB.

Leia também:

Terra Brasil Notícias