Motociclistas não pagarão mais pedágio, diz ministro

Motociclistas não pagarão mais pedágio, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, fez neste sábado uma defesa da isenção de pedágio para motocicletas no Brasil. Para uma plateia de motoqueiros na cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, Tarcísio afirmou que, “a partir de agora, motociclistas não pagarão mais pedágio”. Informações do Exame.

O comentário surge após o Tribunal de Contas da União (TCU) ter aprovado, na última quarta-feira, o plano de concessão da Via Dutra (BR-116), que liga o Rio de Janeiro a São Paulo. Atualmente, o trecho é operado por uma empresa privada, o grupo CCR, mas o contrato vence no início do próximo ano, o que abre espaço para o governo realizar um novo leilão.

O plenário do TCU também deu aval ao projeto político do presidente Jair Bolsonaro de isentar o pedágio de motociclistas nos trechos concedidos. Para ir à frente com o benefício, no entanto, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deverá realizar ajustes no Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da concessão e nos demais documentos que integram o projeto. O Ministério Público junto ao TCU havia se manifestado contra a isenção, classificada como um aparente “privilégio injustificado” aos motociclistas.

Leia também:

Terra Brasil Notícias