Homem paralisado consegue ‘falar’ com o pensamento em experimento

Homem paralisado consegue ‘falar’ com o pensamento em experimento

Pela primeira vez, uma equipe da Universidade da Califórnia chefiada pelo neurocirurgião Edward Chang conseguiu conectar um paciente paralisado e sem a capacidade da fala a um computador. Os pensamentos do paciente foram transformados em frases no monitor nesse experimento.

A revista TechLife News informou que o teste foi realizado em um homem com menos de 40 anos, que há 15 anos sofreu um AVC e o deixou paralisado, sem possibilidade de falar, dificultando completamente sua capacidade de se comunicar. A equipe do doutor Chang instalou eletrodos na superfície de seu cérebro, capazes de captar os impulsos mentais de fala. O computador traduziu esses impulsos em frases escritas. Hoje o paciente é capaz de “falar” mais de mil sentenças, só pensando nelas. Com o tempo, essas frases poderão ser ditas por uma voz gerada pelo computador.

O professor Edward Chang classificou sua invenção de “fala neuroprostética”. Leigh Hochberg e Sydney Cash, neurologistas da Harvard, declararam que esse método poderá ajudar pessoas com sequelas de acidentes, AVC e doenças como a de Lou Gehrig — em que, segundo eles, “o cérebro prepara mensagens que ficam aprisionadas”.

Leia também:

Terra Brasil Notícias